Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
» Alteração da Percepção
Sab Set 09, 2017 4:10 am por Douglas Martins

» Usando um cobaia
Seg Jul 24, 2017 6:34 pm por Nuno Santos

» Usando um cobaia
Ter Jul 04, 2017 3:56 pm por Coalaman

» Usando um cobaia
Ter Jul 04, 2017 3:55 pm por Coalaman

» Usando um cobaia
Ter Jul 04, 2017 3:54 pm por Coalaman

» problemas com indução
Sab Jun 18, 2016 4:39 pm por tiago321

» hipnose perguntas, ideias
Dom Abr 24, 2016 1:18 am por Joao

» o meu melhor voluntario de hipnose
Qui Abr 07, 2016 9:55 pm por Nuno Santos

»  Tenho duvidas sobre o Hand Drop
Sab Abr 02, 2016 10:57 pm por tiago321

Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário


A função da indução

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A função da indução

Mensagem por Nuno Santos em Sab Maio 23, 2015 4:51 pm



Não é nem obrigatória nem legítima na realidade depende do uso que você quer fazer com a sugestão. Se o seu desejo é o de obter um máximo de fenómenos hipnóticos em um mínimo de tempo, eu até tenho tendência para dizer que a indução é um desperdício de tempo. Nós vemos regularmente na rua, onde temos muitas catalepsias e amnésias sobre pessoas no estado normal de consciência. Em outras palavras, sem indução nem aprofundamento. A indução ainda mantém objetivos muito específicos que aumentam a resposta a fenómenos hipnóticos dos nossos voluntários no contexto da rua e também serve como um catalisador para trazer as pessoas para um nível de

descontração e relaxamento profundo.Em geral, quando uma pessoa está em estado de hipnose, ela se

sente como desconectada da realidade, ou mesmo desconectada do seu corpo. Isto é chamado de "dissociação".

A pessoa pode sentir o seu próprio corpo exteriormente e sentir que já não é realmente seu. Em outras palavras, torna-se um espetador. O que eu estou tentando explicar é que, quando você joga com

os diferentes fenómenos hipnóticos no estado de vigília, não há (ou há pouca) dissociação inicialmente, ela instala-se gradualmente à medida que as sugestões se ligam de maneira

consistente e relevante. No entanto, a indução (especialmente aquelas com um padrão de rutura, ou choque) favorecerá dissociação rápida e súbita, que é então estabilizado com o aprofundamento e seguimento de sugestões. As pessoas que você hipnotizar terão reações diferentes de acordo com a sua capacidade de se deixar ir. Alguns vão literalmente sentir-se " a ir para bem longe" e você vai ter de ter o cuidado de os agarrar para evitar vê-los cair no chão. Outros, e eles vão ser a maioria, vão se sentir completamente normais e quase com a sensação de "fingir". Isso não é realmente um problema. Nesta fase da sessão, você quer é que eles joguem o jogo inteiramente.Você deve entender que, em alguns casos as pessoas não sentem que está a acontecer, alguma coisa especial durante a indução, simplesmente porque não houve dissociação. Por enquanto. Mas, por si só, não é tão importante. Sua rotina deve permitir que você se adapte. E se a dissociação for menor após a sua indução você simplesmente ira aprofundar o transe um pouco mais, até sentir que a pessoa se deixa ir e se entrega a um estado interior de relaxamento profundo.


avatar
Nuno Santos
Admin

Mensagens : 116
Pontos : 1115
Reputação : 24
Data de inscrição : 17/05/2015
Idade : 34

http://hipnose.forum-officiel.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum